09/10/2013

SAÚDE MENTAL: SUS oferece Rede de Atenção Psicossocial

 

Tempo de áudio - 02min38seg

LOC/REPÓRTER: O Dia Mundial da Saúde Mental vai ser lembrado nesta quinta-feira, dia 10 de outubro. Para atender pessoas com problemas mentais e dependentes do uso do crack, álcool e outras drogas, o Sistema Único de Saúde conta com a Rede de Atenção Psicossocial, instituída em 2011 pela Política Nacional de Saúde Mental .  A Rede oferece  leitos especializados em saúde mental, equipes de consultório na rua, serviços residenciais terapêuticos e centros de convivência e cultura. O coordenador de Saúde Mental do Ministério da Saúde, Roberto Tykanori, ressalta que a Rede beneficia toda a sociedade.

TEC/SONORA: coordenador de Saúde Mental do Ministério da Saúde – Roberto Tykanori

"É uma Rede que, além das pessoas ajuda a fazer o enfrentamento nas regiões onde as pessoas vivem porque muitos dos elementos e fatores que geram transtorno mental estão ligados a fatores ambientais, do meio no qual as pessoas estão inseridas. Isso implica que o conjunto da sociedade possa ir se transformando e encontrando melhores formas de convívio, melhores formas de trabalho, de vida em família de vida em sociedade."    

LOC/REPÓRTER: Também faz parte de Política Nacional de Saúde Mental o Programa de Volta para Casa. Esse programa oferece uma bolsa mensal  de 412 reais para as pessoas que passam por longas internações em hospitais psiquiátricos. O coordenador de Saúde Mental do Ministério da Saúde, Roberto Tykanori, explica que esse recurso  é importante para a pessoa recuperar a autonomia.

TEC/SONORA: coordenador de Saúde Mental do Ministério da Saúde – Roberto Tykanori

 "Esse é um recurso para a pessoa poder ter um grau de independência. Os pacientes são acompanhados pela Rede. Ou podem estar com a família, ou podem estar habitando junto ao serviço residencial terapêutico, que são pequenas repúblicas desses ex-moradores. Não é uma coisa que as pessoas buscam individualmente, é um processo que, a partir das equipes de saúde mental da Rede que vão trabalhar o processo de desospitalização desses pacientes, dessas situações de que estão cronicamente morando no hospital, essas equipes é que viabilizam o processo formal para requisitar o de Volta pra Casa."  

LOC/REPÓRTER: Em todo Brasil, funcionam 37 Centros de Atenção Psicossocial, 60 unidades de acolhimento, 84 consultórios na rua , além de 225 vagas em 14 comunidades terapêuticas. A Rede de Atenção Psicossocial oferece ainda 581 leitos em enfermarias especializadas em álcool e drogas em hospitais gerais. Para saber mais, acesse: www.saude.gov.br/sas

Reportagem, Ana Cláudia Amorim

Produção da Web Rádio Saúde/Agência Saúde - Ascom/MS
Confira a programação ao vivo, notícias e podcasts da Web Rádio Saúde

<< VOLTAR

Ouvidoria 

Ministério da Saúde
Esplanada dos Ministérios Bloco G
Brasilia-DF / CEP: 70058-900

Acesse o serviço CartaSUS e avalie seu atendimento.

Acessos
    
 

Copyright © 2014 Portal da Saúde – Ministério da Saúde – www.saude.gov.br. Todos os direitos reservados.